Vitamina D: vitamina ou hormônio? | Blog Nutrify

Vitamina D: vitamina ou hormônio?

A vitamina D participa da regulação da expressão de mais de 1000 genes e atua no funcionamento de órgãos e seus sistemas. Sua deficiência está relacionada não só com um sistema imunológico debilitado e com desenvolvimento de osteoporose, mas também com diversas doenças como: diabetes, obesidade, artrite, alopecia etc.

Abaixo vocês encontram o motivo do porquê alguns estudiosos estão começando a considerar a vitamina D como um hormônio.

Doenças autoimunes: Vit D age inibindo as vias inflamatórias, então sempre busco os valores ÓTIMOS, entre 50-60 – para ajudar o corpo a combater a inflamação.

SOP, endometriose, menopausa: a Vit D ajuda a reduzir a inflamação, já aumentada nas portadoras dessas desordens, e, também pela sua ação antioxidante, aumenta fertilidade e parâmetros reprodutivos (em homens também!). A vitamina D está 100% relacionada ao metabolismo do cálcio, que é muito importante para a síntese hormonal!

Depressão e ansiedade: a Vit D melhora os sintomas por ser capaz de modular neurotransmissores e ter ação neuroprotetora.

Questões dermatológicas como dermatite atópica e a queda de cabelo que pode, também, estar relacionada a baixos níveis de vitamina D no sangue – inclusive tem papel interessante no controle e remissão da alopecia!

Saúde óssea: a Vit D auxilia no metabolismo do CÁLCIO – que, além de compor os nossos ossos, também é extremamente necessário na síntese hormonal.

Diabetes e resistência à insulina: A vitamina D promove um aumento da ação da insulina (o porteiro do açúcar na célula – ou seja, menor risco de desenvolver resistência à insulina ou diabetes)

Redução de riscos cardiometabólicos como obesidade, hipertensão, hiperglicemia e doenças cardiovasculares através de suas funções antioxidantes e anti-inflamatórias.

Julia Andrade

@juliandrade.nutri

Rolar para cima