O que é Clean Label? Conheça os benefícios desses alimentos

O que é Clean Label? Conheça os benefícios desses alimentos

Clean label é o termo utilizado para nova tendência nutricional quando se fala em consumo saudável e consciente. Em tradução livre, rótulo livre, significa que os alimentos não contém substâncias artificiais e é feito com produtos naturais

A necessidade dos consumidores de reconhecer os ingredientes dos produtos adquiridos faz com que os a busca por real food, a comida de verdade, cresça. Esse comportamento encontra reflexo nas indústrias de alimentos que, cada vez mais, reconhecem a necessidade de oferecer a seus consumidores matérias-primas mais puras e de origem certificada.

Alimentos Clean Label: Como saber se um produto é Clean Label?

Para que possam ser considerados clean label, os alimentos devem se apresentar da forma mais natural possível, sem corantes, conservantes ou adoçantes artificiais. Os produtos clean label também estão associados a ingredientes orgânicos, não transgênicos, livres de alérgenos e glúten, no entanto, isso não é uma regra.

O que, definitivamente, não iremos encontrar nos produtos clean label são ingredientes artificiais. No Brasil ainda não há uma regulamentação que diga o que é ou não um produto clean label. Mas, para identificar basta ler o rótulo da embalagem, ao ler os ingredientes você deve ser capaz de identificar todos os que foram usados. Sem nomes estranhos ou desconhecidos, se você sabe o que é tudo o que foi usado, o produto é clean label.

Essa crescente conscientização, por parte do consumidor, sobre a relação entre alimentação, saúde e bem-estar impulsionará, num futuro próximo, a oferta de produtos orientados por uma percepção mais natural dos alimentos e bebidas.

Como é feito um produto Clean Label?

Os alimentos clean label são aqueles produzidos sem conservantes e aditivos químicos. Esses alimentos são compostos por ingredientes naturais, com isso, eles são mais saudáveis e ideias para um bom estilo de vida. Os alimentos de rótulo limpo são produzidos dentro de uma lógica mais sustentável.

Essa categoria de alimento busca técnicas menos agressivas e transparentes na produção dos alimentos que chegam até  sua mesa. 

Por que consumir alimentos Clean Label?

Todos os tipos de alimentos que consumimos refletem no nosso bem-estar e na nossa saúde. Por isso é importante ingerir alimentos naturais e com um bom processamento para dar ao nosso sistema e corpo apenas nutrientes e vitaminas, não gordura em excesso e substâncias danosas.

Os alimentos clean label são livres de componentes danosos para saúde do corpo, por isso ao adicionar esse tipo de alimento na sua rotina você está escolhendo o que há de melhor para o seu corpo e para sua saúde.

Como incluir o Clean Label em sua dieta diária?

Hoje em dia, incluir alimentos clean label em sua dieta não é mais tão difícil quanto antigamente. O incentivo a uma vida saudável é muito mais presente do que anos atrás e, por isso, há uma facilidade em encontrar produtos e marcas que sejam parte do movimento clean label.

Os produtos orgânicos, por exemplo, estão dentro dessa categoria. São alimentos 100% naturais de origem vegetal ou animal. De maneira mais clara, isso significa que o gado não consumiu alimentos com agrotóxicos e que os seus eventuais medicamentos em possíveis tratamentos ao longo de sua vida foram fitoterápicos. Quando falamos de plantas, o clean label preza pelo seu crescimento natural, sem substâncias químicas, o que as torna muito mais saudáveis.

Acrescentar o clean label em sua dieta diária é algo muito simples. Em cafés da manhã e lanches, experimente combinar frutas com pães e iogurtes que utilizem ingredientes naturais. Procure por produtos integrais e multigrãos. Essa mesma dica também se aplica às outras refeições como pratos de arroz e macarrão. Para saladas, sempre busque as com produtos 100% orgânicos. O consumo de clean label, além de mais sustentável, traz muitos benefícios ao organismo.

Benefícios do Clean Label?

Diversos são os benefícios que podemos encontrar nos alimentos de rótulo limpo. Além de saber o que realmente estamos ingerindo, e a procedência do alimento, listamos alguns pontos que você deve levar em consideração para começar a consumir mais clean label

  • Refeições de qualidade, com alimentos naturais e nutritivos;
  • Diminuição do consumo de alimentos industrializados e que contenham substâncias nocivas para o corpo;
  • Diminuição do risco de doenças causadas pela má alimentação.

Entenda mais sobre o Clean Label

De modo geral, os consumidores anseiam por uma alimentação mais natural. Segundo a Pesquisa de Tendências Globais de Consumo realizada pela Euromonitor Internacional em 2015, que revelou o atributo “natural” como o mais procurado, escolhido por 44% dos participantes. 

Essa crescente demanda por produtos naturais está estreitamente relacionada com a tendência clean label, avaliada mundialmente em US$ 165 bilhões no ano de 2015, dos quais US$ 41 bilhões vieram de todos os alimentos rotulados como naturais.

Cada vez mais as pessoas gostam da ideia de consumir alimentos que contenham, naturalmente, minerais e vitaminas sem a necessidade de fortificá-los artificialmente.

Encontre produtos Clean Label na Nutrify

Alinhada a essa tendência global, surge no mercado brasileiro a Nutrify. Somos uma linha de alimentos funcionais clean label, que valoriza a origem de cada ingrediente, respeita a integridade de suas fontes naturais e dos envolvidos em sua produção. 

Assim, criamos produtos saudáveis e saborosos, que fazem bem para as pessoas e para o planeta. Acreditamos que nutrir corpo e mente de modo saudável nos torna capazes de alimentar o mundo com atitudes positivas.

Difundir o conceito integrado de qualidade de vida faz parte de nosso dia a dia, e isso extrapola os produtos que comercializamos. Baseamos nossa atuação nas mais recentes abordagens científicas sobre wellness, que tratam de modo indissociável as múltiplas dimensões do ser humano (física, mental e social) como caminho para a obtenção do verdadeiro bem-estar.

Referências Bibliográficas

Dados do mercado, fonte: Euromonitor Internacional, FiSA 2017

Rolar para cima