o-que-e-melatonina-blog-nutrify

Melatonina: O que é, para que serve e benefícios

A melatonina é um hormônio produzido pelo nosso organismo pela glândula pineal que fica localizada no cérebro. Ela auxilia no sono e é liberada no início da noite com o declínio da iluminação natural. Para que ocorra a sintetização de melatonina, as células pineais convertem o triptofano no sangue em serotonina por meio da hidroxilação e descarboxilação. A N-acetiltransferase converte a serotonina em N-acetilserotonina, que é subsequentemente metilada pela hidroxindol-O-metiltransferase e então forma-se a melatonina.

Para que serve a melatonina?

A melatonina auxilia na regulação de nosso relógio biológico, e sua produção é mais intensa a noite. Durante o dia a produção é baixa e por esse motivo sentimos menos sono neste período. Aquele costume de ficar olhando o celular ou assistindo à televisão a noite não é indicado por interferir na produção da melatonina prejudicando a qualidade do sono. Ter qualidade no sono é fundamental para que tenhamos boa memória, concentração e energia para as atividades do dia.

Produção de melatonina

A melatonina é produzida no início da vida por volta dos 3 a 4 meses. Durante a infância os níveis aumentam com pico entre 8 a 10 anos. A sua baixa produção pode acarretar distúrbios do sono que traz uma série de consequências como os déficits cognitivos, saúde prejudicada, riscos de acidentes, mau funcionamento do corpo, sensação de falta de energia dentre outros. A insônia é um grande problema na vida das pessoas e ajustar os níveis e melatonina tem relação na qualidade do sono e de vida. Sua síntese diminui drasticamente durante a puberdade e após a idade de 40-45 anos, aos 70 anos representam apenas 10% dos níveis.

Nos indivíduos saudáveis, a melatonina é sintetizada principalmente em resposta à escuridão, entre os horários das 20:00 e 22:00, com pico entre 00:00 e 03:00, independentemente da fase do sono. Depois disso, a síntese de melatonina diminui progressivamente, permanecendo muito baixa durante o dia. Os níveis de melatonina atingem o pico quando a temperatura corporal está mais baixa. A exposição à luz artificial entre 00:00 e 04:00 inibe a secreção de melatonina. Algumas pessoas podem não produzir os níveis de melatonina adequadamente e passam a ter as chamadas insônias.

Suplementação de melatonina

Para as pessoas que apresentam distúrbios de regularidades no sono como a insônia, a suplementação pode ser indicada. Ela auxilia na indução e na manutenção do sono.

Quem pode usar esse suplemento?

Para utilização da melatonina é importante consultar o médico. Esse suplemento é indicado após a avaliação individual. Muito utilizado em idosos que apresentam alterações no sono. O motivo pode estar relacionado a baixa produção nesta faixa etária. Apesar de possuir uma boa tolerância, ela não deve ser indicada para gestantes e mulheres que estejam amamentando e em pessoas que apresentam alergia a qualquer componente da melatonina. Alguns efeitos colaterais podem ser observados apesar de serem raros como dores de cabeça, náuseas e até mesmo depressão.

Benefícios da melatonina

Os benefícios da melatonina estão associados aos seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios. Ela neutraliza espécies reativas de oxigênio e nitrogênio potencialmente nocivas às células. Devido aos seus efeitos antioxidantes, a melatonina pode interferir na reabsorção óssea, inibindo a função dos osteoclastos, e na formação de substâncias reativas, aumentando a atividade da superóxido dismutase e também tem efeito antioxidante atuando nas enzimas antioxidantes e suprimindo a atividade das enzimas pró-oxidantes. Auxilia também na qualidade do sono, no tratamento de transtornos alimentares e melhora a qualidade de vida.

Melatonina para dormir

A melatonina regula o ciclo biológico nos seres humanos. Além da sua utilização é importante desligar o aparelho celular, televisão, apagar a luz e manter um ambiente calmo, é fundamental para que ela seja produzida de forma adequada. Uma pesquisa realizada em Xangai com noventa e sete participantes de meia-idade que apresentavam insônia, relataram benefícios com a sua suplementação. A melatonina diminui o tempo de despertar precoce. Ela é rapidamente absorvida e atinge sua concentração máxima em cerca de 40 minutos após a administração.

Melatonina para crianças

No caso de crianças a melatonina só deve ser prescrita quando houver avaliação de um médico e constatado a baixa produção desse hormônio. Essa indicação pode ocorrer em casos como autismo, transtornos de déficit de atenção com hiperatividade.

Considerações sobre a melatonina

Devido à importância de seu papel na regulação do ciclo do sono, a melatonina é considerada útil no tratamento da insônia e distúrbios da fase do sono.  Consultar um profissional médico para indicação da suplementação e orientação é fundamental.

Referências Bibliográficas

Melatonina: uso correto e potencial efeito terapêutico. https://pebmed.com.br/melatonina-uso-correto-e-potencial-efeito-terapeutico/. Disponível: 08/02/2021.

Cavalli. RR, Amélia B. O uso da melatonina na insônia. Disponível em: http://revista.oswaldocruz.br/Content/pdf/Edicao_23_RYCHARD_CAVALLI_ROSA.pdf. Acesso 08/02/2021.

Xu, H et al. Efficacy of melatonin for sleep disturbance in middle-aged primaryinsomnia: a double-blind, randomised clinical trial. Sleep Medicine v.7, p. 6 113e119, 2020.

Poza J.J et al Melatonin in sleep disorders. NRLENG. p. 1254, 2018.

Rolar para cima