A inulina é considerada um carboidrato complexo e não digerível pelas enzimas presentes no intestino. É uma fibra solúvel encontrada em alguns alimentos como chicória, alho, cebola e outros. O seu consumo está associado a diversos benefícios a saúde, e também são consideradas um prebióticos. Os prebióticos são substratos utilizados pelos microrganismos que conferem uma série de benefícios para a saúde. As dietas ricas em vegetais contendo fibras solúveis auxiliam na diversidade e no ecossistema das bactérias intestinais, promove saciedade, auxilia no trânsito intestinal, previne as prisões de ventre dentre outros benefícios.

O que é Inulina?

A inulina é um polissacarídeo derivado da raiz da chicória, encontrado também em outras plantas como a cebola, alho poró, alho, aspargo e alcachofra. A inulina é utilizada atualmente na indústria com finalidade de substituir a gordura e o açúcar devido aos benefícios para a saúde. Ela pode ser utilizada em iogurtes, chocolates, sorvetes e muitas outras preparações.

De onde vem a Inulina?

A inulina deriva da raiz da chicória, obtida pela indústria através de processos de lavagem, cortes em frações e secagem. Ela é formada de cadeias de glicose e moléculas de frutose que se ligam entre si de forma não digerível.

Para que serve a Inulina?

O interesse na inulina é devido aos seus benefícios para a saúde. Quando fermentadas pelas bactérias no intestino contribui para a absorção de cálcio, magnésio e ferro. Além de contribuírem para a saúde intestinal.

Quais os benefícios da Inulina?

A ingestão das fibras solúveis como a inulina está relacionada a ativação de genes que contribuem para manutenção dos níveis de triglicerídeos, melhora dos quadros de esteatose hepática e redução de aterosclerose através da regulação da inflamação, e por reduzir os níveis de lipídios no sangue. Aumenta a presença de bactérias benéficas no organismo que auxiliam na prevenção de doenças e na manutenção da saúde da flora intestinal.

Auxiliam também na prisão de ventre, aumentando o volume das fezes devido à sua capacidade de absorver água e facilitando a sua eliminação.

Auxilia na saciedade devido à capacidade de formar gel no estômago, contribui com a sensação de plenitude gástrica.

Reduz o risco de colesterol

As fibras quando formam gel alteram a absorção do colesterol, atrai as moléculas de gorduras que são expelidas do organismo, evitando a sua absorção.

Auxilia com o tratamento da diabetes

Melhora os níveis de glicose devido à sua capacidade de retardo de absorção dos carboidratos. Ou seja, os carboidratos são absorvidos de forma lenta e gradual evitando o excesso de glicose no sangue.

Saúde intestinal

As bactérias presentes no intestino fermentam as fibras vindas da alimentação e produzem alguns ácidos graxos de cadeia curta como o butirato, acetato e propionato que são rapidamente absorvidos no intestino e apresentam diversos benefícios. Os benefícios associados aos ácidos graxos de cadeia curta estão relacionados a manutenção da integridade da parede intestinal deixando-a mais seletiva e evitando a permeabilidade de patógenos ou substâncias que não são adequadas ao organismo, regulam o sistema imune promovendo a inibição da produção de citocinas inflamatórias como TNF-α e IL-6 através da ativação de mecanismos de ação. Promovem também a estimulação de glutationa-S-trasferase uma importante enzima que atua na eliminação de substâncias consideradas tóxicas ao organismo. O propionato auxilia na expressão de genes que conseguem realizar a síntese de leptina. A leptina é um hormônio que age diretamente em nosso cérebro e tem como função controlar o apetite, contribuindo para manutenção do peso corporal e evitando a obesidade. Por esses motivos o estímulo do consumo de dietas ricas em fibras tem sido importante atualmente.  

Sistema cardiovascular

As fibras solúveis estão associadas à redução dos níveis de colesterol e também de LDL, que apresentam papel na patogênese das doenças cardíacas quando não controladas. Por esse motivo, atualmente tem-se sugerido introduzir as fibras alimentares na rotina diária alimentar.

Auxilia no emagrecimento

As fibras solúveis formam uma espécie de gel no estômago, o que contribui com a sensação de saciedade. Essa sensação faz com que a ingestão de alimentos seja reduzida e evita os beliscos ao longo do dia.

Para se obter um bom efeito com o emagrecimento saudável é fundamental seguir uma dieta equilibrada e bem distribuída ao longo do dia, essa dieta equilibrada aliada ao uso de fibras solúveis contribui para alcançar os objetivos de forma eficiente.

Em quais alimentos contêm Inulina?

Alimentos Quantidade inulina em 100g de alimentos
Chicória 11,0 a 20,0g
Aspargo 15,0g
Alho 14,0 a 23,0g
Cebola 5,0 a 9,0g
Cevada 18,0 a 20,0g

Onde encontrar Inulina?

A inulina pode ser encontrada em farmácias, sites e lojas de suplementos. Pode ser adquirida na forma de pó e adicionada a sucos, iogurtes, água, shakes e sopas. 

Como o seu sabor é bem neutro, procure verificar se não contém corantes ou aromatizantes artificiais.

Quais são as contraindicações da Inulina?

A inulina é muito bem tolerada. Consulte um nutricionista ou médico para verificar a sua recomendação diária.  Pessoas mais sensíveis relatam presença de gases ao utilizá-la. A sugestão é iniciar aos poucos e observar a tolerância e dar tempo para que o organismo se habitue. Em geral, a recomendação é de 10g dia, sendo sugerido iniciar com 5g e observar a tolerância.

Conclusão

O consumo de fibras solúveis como a inulina tem sido associado a benefícios à saúde humana devido ao auxílio na redução de dislipidemias, diabetes, melhora da microbiota intestinal dentre outros benefícios contribuindo para a saúde. Associar a introdução dessa fibra com uma alimentação saudável e prática de atividade física regular tem sido fundamental para a manutenção de uma vida saudável.

 

CONHEÇA O FIBER BALANCE NUTRIFY!

 

Referências Bibliográficas

Liu P, Wang Y, Yang G, Zhang Q, Meng L, Xen Y et al. The role of short-chain fatty acids in intestinal barrier function, inflammation, oxidative stress, and colonic carcinogenesis.Pharmacological Research. 2021, 165: 105420.   

Leo E E M, Campos M R S. Effect of ultra-processed diet on gut microbiota and thus its role inneurodegenerative diseases. Nutrition. 2020, 71: 110609.

Disponível em: https://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-inulina/. Acesso em 24/03/2021.

Disponível em: https://fatossobrefibras.br.com/consumidor_fibra-extraida-da-raiz-da-chicoria-inulina-oligofrutose-e-frutooligossacarideos-fos/. Acesso 25/03/2021.

Disponível em: https://fatossobrefibras.br.com/consumidor_fibra-extraida-da-raiz-da-chicoria-inulina-oligofrutose-e-frutooligossacarideos-fos/. Acesso em 23/03/2021.