importancia-da-utilizacao-da-glutamina-em-situacoes-especiais-blog-nutrify

Importância da utilização da glutamina em situações especiais

A glutamina é um aminoácido encontrado de forma abundante no corpo dos mamíferos e corresponde a 60% do pool total de aminoácidos livres, garantindo aminoácidos para outros tecidos e órgãos. Tem papel fundamental no transporte de nitrogênio, carbono e energia entre os tecidos. Também é um precursor da glutationa, um poderoso antioxidante produzido endogenamente. É um aminoácido não essencial, o que quer dizer que nosso corpo o produz, mas em condições especiais como patologias, atividades físicas intensas, estresse, trauma, infecções e queimaduras a glutamina se torna um aminoácido condicionalmente essencial. Nestas situações a demanda de glutamina pelo organismo aumenta, e se não houver suplementação a tempo e adequadamente o seu nível plasmático pode diminuir, e quando há esse esgotamento podem ocorrer lesões graves e desnutrição do tecido. Embora ainda haja controvérsias na sua utilização em pacientes graves, muitos dados clínicos mostram que a suplementação pode melhorar o prognóstico dos pacientes. Este aminoácido atua como uma fonte de combustível para certas células imunológicas como os linfócitos e macrófagos e pode ter um efeito especial na estimulação imunológica. Cengiz.  et al (2020) investigou o efeito da suplementação de glutamina no tempo de internação, necessidade de unidade de terapia intensiva e mortalidade pela doença do Coronavírus (Covid-19). No estudo foram incluídos 30 pacientes com Covid-19 usando glutamina e 30 pacientes com Covid-19 que não usavam glutamina com idade, sexo e condições clínicas semelhantes. Neste estudo puderam observar que a suplementação com a glutamina estimula o sistema imunológico, contribuindo com a inibição das respostas inflamatórias. Esses resultados sugerem que a adição de glutamina no período inicial da infecção por Covid-19 pode contribuir para reduzir o tempo de internação hospitalar e minimizar a necessidade de UTI.

Referências Bibliográfica

Cengiz. M et alEffect of oral l-Glutamine supplementation on Covid-19 treatment. Clinical Nutrition Experimental. v.33, p. 24-31, 2020.

Santiago. L. T et al Does oral glutamine improve insulin sensitivity in adolescents with type 1 diabetes? Journals & Books. v. 34, p. 1-6, 2017.

Texto elaborado por Roberta Saraiva Giroto Patrício.

CRN: 21984

Nutricionista Mestre em Ciências dos Alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo.

Experiência na área de saúde hospitalar e consultório com atendimento personalizado e individualizado.

Consultora cientifica para blog Nutrify.

Rolar para cima