conheca-os-beneficios-de-cultivar-uma-horta-blog-nutrify

Conheça os benefícios de cultivar uma horta

A horta é o local onde é realizado o cultivo de legumes, hortaliças e ervas.

É necessário para seu cultivo um local onde receba luz solar e uma terra fértil. O seu cultivo esta relacionado a muitos benefícios desde nutricionais, sociais, mentais e corporais.

Benefícios de cultivar uma horta comunitária

A horta comunitária é aquela produzida pela comunidade em torno do bairro. Muitas ONGs e prefeituras estão investindo em projetos hortas em comunidades mais carentes, esses projetos têm como objetivo combater a desnutrição e a fome através da autonomia da comunidade contribuindo com uma variedade de nutrientes no prato. Nessas hortas são cultivados vegetais e hortaliças como alface, rúcula, couve, espinafre, tomate, almeirão, mandioca, cenoura, beterraba, temperos e outros. É muito importante que a comunidade trabalhe em conjunto para que os objetivos sejam alcançados para que esta ferramenta melhore a saúde da população e a biodiversidade urbana. Além da comunidade se beneficiar com os alimentos frescos e variados em nutrientes os seus excedentes são comercializados em feiras e mercados locais. Como esses produtos são orgânicos, é possível certificar o seu cultivo e vendê-los a um custo diferenciado. A venda desses vegetais melhora a renda das famílias, e contribui para aquisição de outros alimentos necessários, como o arroz e outros cereais, feijão, óleo etc…

Benefícios da Hortoterapia comprovações cientificas

Colocar as mãos na terra, plantar, ver crescer, colher e sentir os cheiros e texturas traz muitos benefícios a nossa saúde física, mental e espiritual. Muitos desses benefícios estão associados na melhora do humor e autoconfiança, redução do estresse, sensação de bem estar, melhora o senso de valor pessoal, auxilia no relaxamento entre outros inúmeros beneficios.

A hortoterapia tem sido utilizada para beneficiar pessoas desde a infância, adolescentes, idosos, síndrome de Down e Parkinson. Essa terapia proporciona melhoras nos quadros de ansiedade, depressão auto confiança, organização, percepção da importância de cuidar.

A faixa etária que compreende os idosos apresentam alta prevalência de depressão e os motivos estão associados ao isolamento social, dificuldade de locomoção entre outros e esses fatores afetam o seu bem estar. As intervenções não farmacológicas como a hortoterapia promovem o contato com a natureza trazendo uma serie de benefícios como a redução do estresse, interação social devido ao contato com mais pessoas, melhora das condições físicas por permitir locomoção e movimentos no plantio, colheita e cuidado da horta proporcionando auto estima e confiança.

Um estudo realizado na corea em 2020 sobre programa de terapia hortícola para melhorar o bem-estar emocional de alunos do ensino fundamental, teve como objetivo desenvolver e implementar um programa de terapia hortícola para melhorar a inteligência emocional, resiliência e autoconfiança de alunos do ensino fundamental.

Foram incluídos no estudo 582 alunos coreanos na faixa etária de 11 e13 anos. O programa de terapia hortícola consistia em sete sessões e era conduzido uma vez por semana durante 60 minutos por sessão, durante as aulas regulares ou após as aulas. Antes e depois do programa de terapia hortícola, a inteligência emocional, a resiliência e a autoconfiança dos alunos do ensino fundamental eram avaliadas por meio de questionários. Os resultados do estudo mostrou a melhora significativamente na inteligência emocional resiliência e autoconfiança dos alunos do ensino fundamental. Após o programa, observaram que a inteligência emocional melhorou tanto nos alunos do sexo masculino quanto feminino. O estudo pode mostrar um potencial da terapia hortícola para a saúde psicoemocional desse grupo.

O estudo de Lee (2020), sobre o programa de terapia hortícola para saúde mental de presidiários focou em desenvolver um programa de terapia hortícola com a saúde psicológica dos presidiarios. O ambiente da prisão afeta negativamente a saúde psicológica dos presos, o que pode estar associado com a sua reabilitação. Depois de implementar a terapia horticula foram observadas mudanças positivas nas condições de saúde dos prisioneiros medidas antes e depois de participar do programa. Pode observar neste estudo uma diminuição da depressão aumento da autoestima e satisfação com a vida.  O que teve correlação com melhorias na saúde psicológica dos participantes.

Benefícios de uma horta para tempero

Ter uma horta em casa trás muitos benefícios, além de decorar a casa traz benefícios a saúde mental, física e economia. Imagina chegar em casa após um dia cansativo, poder sentir o cheiro, cuidar e utilizar os temperos que estão a sua disposição e ainda fresquinhos.

Conheça alguns temperos e seus benefícios:

Orégano

Além de dar sabor a muitos pratos também são considerados bons antioxidantes, auxilia no combate a bactérias e ajuda na digestão. Excelente para molhos, pizzas, carnes.

Noz moscada

Propriedades antibacterianas, antiinflamatórias pode ser adicionado a molhos brancos, molhos de saladas, na abobora refogada.

Canela

Auxilia na manutenção dos níveis de glicose no sangue, bactericida, previne gripes e esfriados. Ela apresenta uma versatilidade no seu uso, podendo ser adicionada a vitaminas, saladas de frutas, adicionada ao abacaxi e banana grelhada.

Manjericão

O seu uso esta associado a  melhora do sistema imunológico, as folhas podem ser utilizadas para tratar resfriados, podendo ser mastigados, além desses benefícios ele também possui propriedades antibióticas nos protegendo contra bactérias e infecções. Combina com tomate, pizzas, molho pesto.

Gengibre

O gengibre é conhecido por seus múltiplos benefícios a saúde, como no combate a resfriados e infecções, antioxidante, auxilia no emagrecimento desintoxicantes. Pode ser adicionados a sucos, preparações com peixes e farofas.

Hortelã

É anestésica, melhora dores em geral. É muito digestivo auxilia na produção de enzimas digestivas. Pode ser adicionados a carnes, saladas, vitaminas e chás.

Louro

Melhora a saúde do fígado e estômago, melhora a digestão. Pode ser adicionados ao feijão, sopas e molhos.

Mostarda em grão

Um poderoso antioxidante, melhora a digestão, previne certos tipos de câncer. Pode ser utilizadas em peixes, farofas, molhos, carnes.

Tomilho

Aumenta a imunidade, atua no controle da pressão arterial, melhora a imunidade. O seu uso em carnes e molhos e farofas potencializam o sabor.

Salsa

Potente antioxidante, atua na digestão, diurética. Pode ser adicionada a sucos, feijões, molhos, saladas e refogados.

Cebolinha verde

Contribui para uma melhor digestão e gripes. A sua versatilidade na cozinha são muitas, usadas para molhos, refogados, grelhados entre inúmeras oportunidades basta usar a criatividade.

Cúrcuma

Atuam na prevenção de sinusites, infecções bacterianas e como um poderoso anticancer. Pode ser adicionados no arroz, sucos, farofas, carnes brancas, além de dar cor contribuem para um sabor delicioso.

Dicas para plantio de ervas em casa

  • É importante definir o local onde vai plantar deve possuir luz solar.
  • Defina qual vaso irá utilizar se não tiver furos faça para que haja drenagem adequada.
  • Coloque uma manta de bidim em cima do furo ela é importante para que a terra não escape.
  • Coloque uma camada de material de drenagem, podem ser algumas bolinhas de argila, pedriscos ou brita.
  • Coloque a terra adubada.
  • Coloque sua muda e cubra os espaços com mais terra.

As ervas devem ser regadas diariamente, preferencialmente de manhã ou no final da tarde. A quantidade de água depende do tamanho do vaso é importante que a terra esteja úmida.

Receita de sal de ervas

È uma mistura bem simples e muito interessante para reduzir o consumo de sódio e acrescentar sabor e saúde no dia a dia das pessoas. Essa receita é apresenta flexibilidade porque cada pessoas pode adicionar os temperos de sua preferência.

Ingredientes

1 xícara (chá) de sal

1 xícara (chá) de orégano

1 xícara (chá) de alecrim

1 xícara (chá) de tomilho

2 colheres de louro triturado

1 colher de sopa de cúrcuma

1\2 colher de sopa de pimenta preta

Modo de preparo

Lave as ervas e deixe secar. Depois, adicione todos os ingredientes no  liquidificador ou no processador de alimentos e triture tudo. Guarde a mistura em um recipiente fechado.

As plantas como os legumes, verduras e ervas além de proporcionar nutrição ao nosso organismo, fornece bem estar mental, físico e social. O seu bem estar está relacionado ao planejamento, plantio, cuidado e colheita contribuindo para desenvolvimento da autoconfiança e de inúmeros benefícios  em diferentes faixas etárias e condições sociais.

Referencias Bibliográficas

Piedrahita. C. C et al. Public health benefits from urban horticulture in the global north: A scoping review and framework.G lobal Transitions, v. 2, p. 246-256, 2020.

Oh Ah. YHorticultural therapy program for improving emotional well-being ofelementary school students: an observational study. Integrative Medicine Research. V.9, p. 37-41, 2020.

 Lee. A-Y. Horticultural therapy program for mental health of prisoners: Case report. Integrative Medicine Research. v. 10, n.2, 2020.

Rolar para cima