Benefícios do Zinco para o sistema imune | Blog Nutrify

Benefícios do Zinco para o sistema imune

Ter uma imunidade bem estabelecida é fundamental para que o organismo tenha mecanismos de defesas para lutar contra invasores indesejáveis, como por exemplo os vírus e bactérias. Os nutrientes como as vitaminas, minerais e oligoelementos como o zinco que se encontram presentes nos alimentos, apresentam funções importantes na manutenção e fisiologia do corpo além de desempenhar papel fundamental no fortalecimento do sistema imunológico. O zinco tem ganhado destaque devido sua ação na ativação ou inibição de vias de sinalização que agem diretamente nas células associadas ao sistema imune. Além dessa ação o zinco é conhecido por atuar em mais de 300 enzimas e em torno de 1000 fatores de transcrição que são dependentes de zinco para que possa exercer as suas atividades de forma regular e manter o equilíbrio de nosso organismo de forma favorável.

O que é Zinco?

O zinco é um oligoelemento que deve ser obtido através da alimentação e é considerado muito importante para a manutenção da saúde. A deficiência de zinco é considerada alta em países desenvolvidos, sendo revelado uma ingestão deficiente de zinco em até 25% da população.

Benefícios do Zinco para o sistema imune | Blog Nutrify

Para que serve o Zinco?

  • Atua no sistema imune
  • Mantém a homeostase do organismo
  • Previne doenças inflamatórias
  • Equilíbrio de reações no organismo

Zinco e imunidade

O zinco é fundamental para o sistema imune, todas as células requerem o zinco e sua deficiência tem grande impacto na saúde. O zinco atua como um elemento fundamental para a replicação do DNA, transcrição do RNA, ativação celular, proliferação celular e divisão celular. O zinco possui a capacidade de estabilizar as membranas devido a sua atividade antioxidante. Em nosso sistema imunológico o zinco possui a função de regular a diferenciação e proliferação de células inflamatórias como as células T, vias de sinalização NFkB. O NFkB é uma família de fatores de transcrição que regula a expressão dos genes no organismo. A desregulação desse sistema contribui para o risco de desenvolvimento de doenças inflamatórias que impactam no sistema imunológico. A redução de zinco foi observada em muitas doenças inflamatórias como alergias, asmas, dermatites, doenças inflamatórias intestinais, câncer de pulmão, rinite crônica e outros. Isso deve ocorrer porque a sua deficiência está relacionada à ativação de vias associadas à inflamação.

Zinco - Banner | Blog Nutrify

Mais benefícios do Zinco

  • Atividade anti-inflamatória
  • Aumenta a imunidade
  • Contribui para uma melhor cicatrização
  • Contribui para o sistema cardiovascular
  • Previne a queda de cabelo e favorece um cabelo mais bonito

O que causa a deficiência do Zinco?

A deficiência de zinco está associada a desnutrição, subnutrição, alimentação inadequada em baixas fontes de zinco, dietas ricas em fitatos também podem contribuir para a baixa disponibilidade de zinco. Isso ocorre porque os fitatos presentes nos alimentos podem se ligar ao zinco e impedir a sua absorção. Nas células intestinais defeitos em transportadores responsáveis por captar o zinco também podem contribuir para a deficiência de zinco no organismo.

Quais os alimentos ricos em Zinco?

Alimentos fontes de zinco são as ostras, carnes como a de frango, peixe, boi, germe de trigo, ovos, leites e derivados, leguminosas, oleaginosas e outros.

Benefícios do Zinco para o sistema imune | Blog Nutrify

Suplementação com Zinco

A suplementação de zinco tem sido considerada importante em algumas situações principalmente em pessoas que apresentam doenças associadas ao sistema imune. A recomendação desse suplemento é de 8mg/dia para mulheres e de 11 mg/dia para homens. Sempre deve-se procurar orientação de um especialista antes de fazer a suplementação.

Conclusão

A composição de uma dieta equilibrada e balanceada é fundamental para atingir as recomendações diárias de vitaminas e minerais. O conhecimento e a importância do zinco têm sido elucidados em estudos principalmente devido a suas ações em reações metabólicas e no sistema imunológico. Procure orientação de um especialista para indicar a melhor forma de obtenção do zinco e avaliar uma possível suplementação quando houver indicação.

Referências Bibliográficas

Suzuki. M et al. Role of intracellular zinc in molecular and cellular function in allergic inflammatory diseases. Allergology International. v. 70, p. 190-200, 2021.

Wessels. I; Rink. L. Micronutrients in autoimmune diseases: possible therapeutic benefits of zinc and vitamin D. Journal of Nutritional Biochemistry. v. 77, p. 108240, 2020.

Texto elaborado por Roberta Saraiva Giroto Patrício.

CRN: 21984

Nutricionista Mestre em Ciências dos Alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. No Laboratório de Dieta, Nutrição e Câncer.

Tema do Mestrado: Desenvolvimento de Material Educativo Digital para Divulgação Científica e Tecnológica da Nutrigenômica.

Experiência na área de saúde hospitalar e consultório com atendimento personalizado e individualizado.

Atualmente consultora cientifica para Blog da Nutrify.

Rolar para cima