Antioxidante: Caminho para a longevidade | Blog Nutrify

Antioxidante: caminho para a longevidade

O que são antioxidantes?

Os antioxidantes são substâncias presentes nos alimentos e plantas, capazes de neutralizar a ação dos radicais livres no organismo que apresentam capacidade de atrasar ou inibir as taxas de oxidação. A produção de forma contínua dos radicais livres durante os processos metabólicos propiciam o desenvolvimento de muitos mecanismos de defesa com finalidade de impedir a indução de danos.

O que são radicais livres?

Os radicais livres são átomos e moléculas produzidas em nosso organismo durante o processo de metabolização e ocorre através das vias e ação catalítica de enzimas durante os processos de transferência de elétrons, que ocorrem no metabolismo celular e pela exposição a fatores exógenos como hábito tabagista, álcool, poluição ambiental, estresse, consumo excessivo de alimentos gordurosos, entre outros. Quando em excesso no organismo, causam danos as células e contribuem para o desequilíbrio da saúde, aumentando o risco para algumas doenças.

Para que servem os antioxidantes?

Os antioxidantes estão presentes nos alimentos e tem papel fundamental em nosso organismo, eles são responsáveis pela inibição das lesões causadas pelos radicais livres nas células. Durante o processo de respiração, metabolização de nutrientes pelo corpo, ocorre a formação de radicais livres, uma molécula instável que consegue levar a inativação de algumas enzimas causando mutações nos genes e morte celular. Esses efeitos tóxicos na célula também tem sido associados ao envelhecimento e ao desenvolvimento de doenças crônicas inflamatórias e degenerativas. Eles atuam inibindo a ação deletéria provocada pelo radical livre no organismo agindo na prevenção de doenças.

Por que os antioxidantes auxiliam na prevenção e reversão de algumas doenças?

Os antioxidantes atuam na prevenção e reversão de doenças devido ao seu papel na potencialização de algumas enzimas com ação na eliminação dessas substâncias formadas durante os processos metabólicos. Com a ausência dos antioxidantes, os radicais livres promoveriam danos as células e a falta de reparo de forma constante no organismo poderiam, a longo prazo, contribuir para o surgimento de algumas doenças como câncer, doença degenerativa, entre outros.

Quais são os benefícios dos antioxidantes?

  • Combate o envelhecimento das células
  • Previne doenças degenerativas
  • Efeitos anti-inflamatórios
  • Pele mais saudável
  • Reduz o risco de doenças cognitivas

Quais são os tipos de antioxidantes?

Glutationa

Glutationa é considerada um poderoso antioxidante, ela possui capacidade de reduzir os níveis de inflamação e prevenir doenças causadas pelo estresse oxidativo quando não controlados. Auxilia na eliminação de substâncias indesejadas e que causam danos no organismo quando não eliminadas ou controladas. Essas substâncias podem estar presentes na poluição ambiental, alimentos, entre outros. Alguns alimentos da família das crucíferas como brócolis e couve-flor, tem capacidade de estimular a produção dessa poderosa enzima.

Betacaroteno

O betacaroteno é um pigmento natural encontrado em alguns alimentos como a cenoura, laranja, manga e outros, ele é precursor da vitamina A. O betacaroteno é um importante antioxidante que atua na regeneração e renovação celular e combate aos radicais livres e auxilia na imunidade.

Licopeno

O licopeno é considerado o principal pigmento presente no tomate e que possui atividade antioxidante potente. O licopeno é conhecido por atuar na prevenção de alguns tipos de câncer como, por exemplo, o de próstata. A ação do licopeno estaria associada à inibição do ciclo de proliferação descontrolada de algumas células que induziriam o desenvolvimento do câncer.

Vitamina C

A vitamina C ou ácido ascórbico é encontrado em vários alimentos e é considerado um nutriente essencial. Essa vitamina está presente nos vegetais e frutas. Essa vitamina tem como função neutralizar a ação dos radicais livres, evitando os danos nas células além de outras funções importantes como a contribuição para o sistema imune prevenindo gripes e resfriados, principalmente nos períodos de inverno.

Vitamina A

A vitamina A aumenta a regulação das enzimas com atividades antioxidantes através de vias de sinalização. Dessa forma protege as células dos danos causados pelos radicais livres, além de atuar na renovação das células, saúde da pele e olhos.

Vitamina E

A vitamina E é lipossolúvel e é considerada um poderoso antioxidante e um eliminador dos radicais livres que protegem os ácidos graxos poli-insaturados  e a qualidade da membrana

Quais são os minerais ricos em antioxidantes?

Zinco

O zinco é um mineral muito importante para modular as vias anti-inflamatórias, ele está presente em mais de 300 enzimas e de fatores de transcrição é um regulador da transcrição gênica. A sua suplementação tem sido considerada em algumas situações devido aos indícios de seu papel na prevenção de algumas doenças como as hepáticas, câncer, cardíacas, distúrbios no sistema nervoso central, entre outros. Ele atua como um poderoso antioxidante devido à sua presença na modulação de enzimas e vias que atuam na prevenção de doenças.

Selênio

O selênio desempenha papel importante na modulação da homeostase provocada pelos radicais livres é um micronutriente essencial aos seres humanos, faz parte de um grupo de proteínas que possui ação antioxidante e que está envolvida no metabolismo do sistema imune, diferenciação celular, dentre outros.

Cromo

O cromo está presente em alimentos como a carne bovina, brócolis, suco de uva, dentre outros e participa do metabolismo dos carboidratos, proteínas e lipídios. A deficiência de cromo tem sido observada em pessoas com diabetes 2. O cromo tem sido associado à melhor resposta da glicose, por esse motivo também atua na modulação e prevenção de doenças através de ações no metabolismo.

Manganês

O manganês assim como os outros micronutrientes quando em sincronia e em níveis adequados no organismo induz e potencializa a ação de enzimas envolvidas na eliminação de substâncias indesejadas ao organismo e, de certa forma, contribui de forma expressiva na prevenção do surgimento de possíveis doenças.

Quais são os alimentos ricos em antioxidantes?

  • Abóbora
  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Frutas vermelhas (amora, framboesa, morango, dentre outras)
  • Frutas cítricas (laranja, limão, tangerina, dentre outras)

Conclusão

Os antioxidantes estão presentes nos alimentos como os vegetais e frutas, sendo fundamentais devido à ação dos compostos bioativos dos alimentos com efeito antioxidante e que atuam neutralizando a ação dos radicais livres que quando produzido de forma excessiva causam danos à saúde.

Referências Bibliográficas

Mosca. S.S; Sanches. R. A; Comune.A.C A Importância Dos Antioxidantes Na Neutralização Dos Radicais Livres: Revista Saúde em Foco – Edição nº 9 – Ano: 2017.

Vasconcelos. T. B et al Radicais Livres e Antioxidantes: Proteção ou Perigo? UNOPAR Cient Ciênc Biol Saúde. V. 16, n.3, p.213-219, 2014.

Disponível em https://www.scielo.br/j/rn/a/sJ6qRLvhXvkQR6CjnKgZN7K/?lang=pt. Acesso em 16/06/2021.

Disponível em: https://www.inatel.br/cipa/index.php/informativos/34-o-que-sao-radica. Acesso em 15/06/2021.

Qi. W. J et al. Investigating into anti-cancer potential of lycopene: Molecular targets. Biomedicine  Pharmacotherapy. V. 138, p. 111546, 2021.

Santos. H. O et al. Dietary vs. pharmacological doses of zinc: A clinical review. Clinical Nutrition. v. 39, n.5, p. 1345-1353, 2020.

Texto elaborado por Roberta Saraiva Giroto Patrício.

CRN: 21984

Nutricionista Mestre em Ciências dos Alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. No Laboratório de Dieta, Nutrição e Câncer.

Tema do Mestrado: Desenvolvimento de Material Educativo Digital para Divulgação Científica e Tecnológica da Nutrigenômica.

Capítulo de livro: Roberta Saraiva Giroto Patrício, Thomas Prates Ong. Nutrigenômica. in Dan L Waitzberg. Fisiologia da Nutrição: na saúde e na doença. Editora Atheneu 2013.

E-Book Sociedade Brasileira de Mastologia: Estilo de vida após o câncer (Hábitos e vícios, dieta e atividade física) 2021.

Experiência na área de saúde hospitalar e consultório com atendimento personalizado e individualizado. Atualmente consultora cientifica para blog da Nutrify.

Rolar para cima