Alimentos alcalinos: o que são, benefícios e exemplos

Alimentos alcalinos: o que são, benefícios e exemplos

Os alimentos alcalinos são aqueles que após a sua metabolização apresentam-se como alcalinos (Com o PH acima de 7). Quando o PH está acima de 7, é considerado alcalino e abaixo de 7, ácido.

Os alimentos apresentam diferentes efeitos no organismo quando ingeridos, é o caso dos alimentos alcalinizantes. 

Esses alimentos quando são digeridos no estômago produzem efeitos alcalinos e diminuem a acidez metabólica. 

Os efeitos desses alimentos na saúde do corpo são considerados fundamentais devido a sua ação antioxidante, antienvelhecimento, anti-inflamatório, dentre outras ações importantes.

Além dos alimentos, os fatores ambientais como estresse, ansiedade, poluição e atividades físicas podem ser fatores que interferem na alcalinidade também. Por esse motivo, é necessário um conjunto de ações e equilíbrio de vários aspectos relacionados à alimentação, bem-estar físico e mental.

O que são alimentos alcalinos?

Os alimentos alcalinos são aqueles que após a sua metabolização apresentam-se como alcalinos. Esses alimentos são os vegetais, frutas, óleos vegetais dentre outros.

Dentre os alimentos alcalinos podemos destacar:

  • Limão, apesar de ser um alimento com um sabor azedo e ser julgado pela sua acidez, esse alimento produz alcalinidade após a sua digestão. O seu consumo é indicado devido a presença de vitaminas e antioxidantes que fortalecem o sistema imune.
  • Maçã, além desse efeito no organismo, ela contém fibras do tipo solúvel e insolúvel e compostos que beneficiam a saúde como um todo.
  • Alho, este alimento contém substâncias muito benéficas ao nosso organismo, estimulando o sistema imune e beneficiando a saúde em geral.
  • Manga, essa fruta também possui efeito alcalino e além desse benefício contém fibras e vitaminas importantes ao sistema imune.

De forma geral, as frutas frescas como abacate, manga, mamão, melancia, uva e outros ajudam no PH, além disso possuem antioxidantes, vitaminas, minerais que são considerados fundamentais no combate aos radicais livres evitando problemas à saúde. Por esses motivos, consumir alimentos frescos em sua forma mais natural possível é importante para a manutenção da saúde e bem-estar.

Como saber se o alimento é alcalino ou ácido?

Para entender um pouquinho mais sobre o PH, aqui vai uma breve explicação. O PH pode variar entre 0 a 14, sendo que o PH 7 é o índice de naturalidade. Quando está acima de 7, é considerado alcalino e abaixo de 7, ácido.

Os alimentos alcalinizantes são vegetais frescos: brócolis, espinafre, couve-flor, pepino, cenoura, batata, dentre outros.

Frutas: limão, abacate, mamão, maçã, melão, melancia, laranja, uva.

Especiarias: cúrcuma, canela, gengibre, manjericão, hortelã, entre outros.

Os alimentos considerados ácidos são proteínas, sorvetes, alimentos ultraprocessados, cafeína, açúcar, dentre outros.

Há a necessidade de um equilíbrio na alimentação, pois quando há desequilíbrio e os alimentos ácidos estão em vantagens pode acarretar em prejuízos e contribuir para o surgimento de doenças associadas a essas situações. É importante entender que consumir alimentos alcalinos e ácidos não trazem prejuízos quando estão em equilíbrio, o que deve ser evitado são os alimentos processados e ultraprocessados que danificam a saúde por conter diversas substâncias como corantes, aromatizantes artificiais e outros que causam danos quando consumidos em excessos. O consumo de alimentos de origem animal como proteínas e ovos também são importantes, mas as recomendações de quantidades devem ser respeitadas para que haja harmonia e equilíbrio.

Quais são os benefícios dos alimentos alcalinos?

Os benefícios dos alimentos alcalinos estão associados em minimizar as perdas de alguns minerais protegendo da formação de cálculos renais, além da manutenção dos músculos

O organismo trabalha de forma a manter o equilíbrio com o PH em torno de 7,3 a 7,4. Nesta concentração o organismo consegue manter as suas funções evitando as perdas de nutrientes e armazenando de forma mais adequada. Quando o PH está inferior a 7 pode ocorrer alterações e o mecanismo de manutenção e equilíbrio termina ficando comprometido. 

Esse desequilíbrio pode contribuir para o surgimento de doenças como certos tipos de câncer, ganho de peso, envelhecimento, osteoporose dentre outras.

Lista de alimentos alcalinos

Vegetais

Os vegetais são: brócolis, couve-flor, aspargo, cenoura, espinafre, tomate, alho dentre outros. 

Esses alimentos além de possuírem efeitos alcalinos, contém substâncias antioxidantes e compostos bioativos que são importantes para a manutenção da saúde. Inclua diariamente na rotina da alimentação, mas de forma variada.

Frutas

As frutas são limão, melancia, mamão, manga, maçã dentre outras. Assim como os vegetais, a inserção desses alimentos na rotina alimentar de forma variada e equilibrada é fundamental, principalmente devido à variedade de compostos bioativos e antioxidantes presentes.

Alho

Alho, este alimento contém substâncias muito benéficas ao nosso organismo estimulando o sistema imune e beneficiando a saúde em geral.

Especiarias e ervas

Gengibre, canela e cúrcuma são especiarias consideradas alcalinas e além desse efeito tem ação antioxidante, anti-inflamatória, bactericida e termogênica.

Gorduras vegetais

As gorduras vegetais como azeite de oliva, nozes, linhaça, abóbora são importantes para a saúde e são consideradas alcalinas.

Quais são os alimentos mais alcalinos que existem?

Os alimentos alcalinos devem ser introduzidos na alimentação de forma variada e com frequência. 

Esses alimentos promovem o equilíbrio das atividades do organismo de forma satisfatória como os vegetais, frutas, gorduras vegetais e outros. Já os alimentos que não são alcalinos muito presentes na dieta do ocidental como as proteínas animais e produtos industrializados açucarados devem ser consumidos com moderação.

Como fazer uma dieta à base de alimentos alcalinos?

A dieta alcalina se baseia em uma alimentação mais natural possível, incluindo na rotina os vegetais frescos, gorduras vegetais de boa qualidade como azeite de oliva, especiarias e consumo moderado de proteínas animais e alimentos processados. 

Esse equilíbrio permite que o organismo desempenhe as suas funções de modo apropriado, mantendo a alcalinidade adequada, além do consumo de alimentos ricos em compostos antioxidantes fundamentais neste equilíbrio.

Como tornar o organismo mais alcalino?

Para tornar o organismo mais alcalino é necessário incluir vegetais frescos, verduras, gorduras vegetais com mais frequência na composição da dieta diária

Reduza ou minimize ao máximo o consumo de industrializados. As proteínas animais devem ser consumidas em proporções adequadas. Além da alimentação, os fatores ambientais como estresse também devem estar em equilíbrio para a contribuição de um organismo mais alcalino.

Conclusão

Manter o PH do organismo em seus limites favoráveis pode colaborar com a manutenção do metabolismo de forma adequada, o que proporciona mais adequação na saúde uma vez que os alimentos sugeridos como vegetais, óleos vegetais saudáveis, consumo moderado de proteínas animais e consumo reduzido de alimentos industrializados e processados são sugeridos em uma dieta equilibrada. 

A alimentação dessa forma aumenta o consumo de fibras e compostos bioativos que auxiliam na manutenção da saúde por ter efeitos protetores. Esse mecanismo evita as perdas de nutrientes e contribui para um estado de saúde mais favorável. 

Referências Bibliográficas

Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e1706.2019 P. Dieta alcalina: Alegações apresentadas na literatura para saúde e tratamento de doenças. v.36, 2019.

Rizzali. R et al. Nutritional intake and bone health. The Lancet. v.9, n. 9, p.606-621, 2021. 

Texto elaborado por: Roberta Saraiva Giroto Patrício

Nutricionista Mestre em Ciências dos Alimentos pela Universidade de São Paulo.

Consultora Científica na integralmédica para blog Nutrify

Rolar para cima